Com o objetivo de se adequar à Lei nº 13.303/2016, a Emater-DF tem adotado práticas de gestão de riscos e de integridade, com base nos valores, princípios e normas éticos compartilhados para a defesa e priorização do interesse público.

Assim, já está em vigor o Plano de Integridade, que visa promover medidas para prevenir, detectar e punir fraudes e desvios de conduta que possam impedir a boa e eficaz prestação dos serviços à sociedade pela Emater-DF.

Também está vigente o Plano de Gestão de Riscos da Emater-DF, sendo que algumas áreas da empresa já possuem um plano específico para suas gerências, considerando seus riscos e suas ações próprias de mitigação dos mesmos. Já possuem um plano vigente de gestão de riscos as gerências de Contrato e Convênios (Gconv) e Tecnologia da Informação (Getin). Agora, duas outras áreas da Emater-DF estão em fase de implantação, quais sejam as gerências de Projetos Estratégicos (Gepre) e de Pessoal (Gepes). 

Todo esse trabalho tem contado com a consultoria da Controladoria Geral do Distrito Federal (CGDF). A expectativa é que todas as gerências, compreendendo a importância dessas ações, possam também elaborar seus próprios planos de Gestão de Riscos, em um futuro próximo.

Confira aqui as cartilhas disponibilizadas pela CGDF, tanto para implantação da Gestão de Risco, quanto ao Plano de Integridade, para consulta dos interessados. 

 

 

Com o objetivo de se adequar à Lei nº 13.303/2016, a Emater-DF tem adotado práticas de gestão de riscos e de integridade, com base nos valores, princípios e normas éticos compartilhados para a defesa e priorização do interesse público.

Assim, já está em vigor o Plano de Integridade, que visa promover medidas para prevenir, detectar e punir fraudes e desvios de conduta que possam impedir a boa e eficaz prestação dos serviços à sociedade pela Emater-DF.

Também está vigente o Plano de Gestão de Riscos da Emater-DF, sendo que algumas áreas da empresa já possuem um plano específico para suas gerências, considerando seus riscos e suas ações próprias de mitigação dos mesmos. Já possuem um plano vigente de gestão de riscos as gerências de Contrato e Convênios (Gconv) e Tecnologia da Informação (Getin). Agora, duas outras áreas da Emater-DF estão em fase de implantação, quais sejam as gerências de Projetos Estratégicos (Gepre) e de Pessoal (Gepes). 

Todo esse trabalho tem contado com a consultoria da Controladoria Geral do Distrito Federal (CGDF). A expectativa é que todas as gerências, compreendendo a importância dessas ações, possam também elaborar seus próprios planos de Gestão de Riscos, em um futuro próximo.

Confira aqui as cartilhas disponibilizadas pela CGDF, tanto para implantação da Gestão de Risco, quanto ao Plano de Integridade, para consulta dos interessados. 

 

 

A Gepes, pensando em prestar o melhor serviço para todos os empregados da casa, disponibilizou abaixo os principais Procedimentos Operacionais Padrões para que possam ser acessados e orientar, assim, de forma clara, todos os interessados.

Favor clicar no POP de sua preferência para ser redirecionado para a tela de explicação.

 

Aguarde a inclusão. Estamos trabalhando para melhor atendê-lo.

 

Traçar metas e analisar a atuação da Emater-DF no evento foram os objetivos do encontro

 

A presidente da Emater-DF, Denise Fonseca, e o diretor-executivo Antonio Dantas se reuniram com os extensionistas da empresa responsáveis pela organização da Festa do Morango e com os gerentes do escritório de Brazlândia, Magali Fortes, e de Alexandre Gusmão, Hélio Roberto Lopes, para discutir os principais pontos da 24ª Festa do Morango, que aconteceu entre os dias 30 de agosto e 8 de setembro.

Durante o encontro, que ocorreu na manhã desta quarta-feira (25), no escritório da Emater em Brazlândia, a presidente elogiou o empenho e atuação de todos os envolvidos. “Foi uma festa linda, tivemos muitos elogios e o governador saiu de lá encantado com o que viu”, afirmou. O objetivo do encontro foi analisar os principais pontos do evento, traçar caminhos para melhorar a atuação e visibilidade da empresa junto ao público e aos produtores.

 

Com o objetivo de formalizar o posicionamento da empresa em relação à importância da integridade no desenvolvimento de suas atividades, bem como implantar medidas destinadas à prevenção, detecção e punição de fraudes e atos de corrupção, além de outros desvios, a Emater-DF criou a Política e o Programa de Integridade.