As dez palmeiras que ficam em frente ao edifício-sede da Emater-DF serão trocadas na manhã desta segunda-feira (19). Após 33 anos enfeitando a entrada da empresa, elas já estão morrendo e algumas já correm o risco de cair. Segundo o engenheiro agrônomo Almeri Martins, a vida útil de uma planta dessa espécie não passa de 40 anos.

A equipe da Novacap que está realizando o serviço deverá plantar outras palmeiras, mais novas, no mesmo local.