Entrega ocorreu durante o Café Tecnológico, na Casa do Cerrado

Técnicos das unidades locais da Emater receberam nesta quinta-feira (24), 69 ultrabooks e 145 tablets. A entrega ocorreu durante o Café Tecnológico, na Casa do Cerrado.

Os novos equipamentos vão contribuir para a eficiência da Emater e para aperfeiçoar o atendimento dos produtores rurais.

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, fez as entregas na manhã de hoje. "Temos de qualificar os nossos técnicos para eles prestarem um serviço cada vez melhor. A nossa agricultura é a que tem o maior nível de tecnologia do Brasil", disse.

O extensionista Fabiano Carvalho, de 30 anos, disse que os novos itens eram há tempos esperados. "O tablet e o ultrabook vão substituir o que fazíamos manualmente no campo, de coleta de dados. Meu trabalho vai melhorar muito", afirmou, após receber os equipamentos das mãos do governador.

Rollemberg destacou ainda que essa melhoria deverá atingir toda a população. "O aperfeiçoamento dos serviços significa alimentos de mais qualidade, saudáveis e baratos na mesa do cidadão."

O material foi adquirido por meio de um convênio firmado com a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário (antigo Ministério do Desenvolvimento Agrário) e custou R$ 622,5 mil.

Paro o secretário da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, Argileu Martins, modernizar a Emater é, por consequência, modernizar a agricultura do DF. “Estamos dando condições para que os extensionistas prestem um serviço de maior qualidade aos produtores do DF”, disse.

O presidente da empresa, José Guilherme Leal, acredita que os novos equipamentos facilitarão o acesso a softwares e aplicativos úteis para o desenvolvimento dos trabalhos. “Melhorar as condições de trabalho dos técnicos da Emater é uma estratégia para melhorar o serviço prestado aos produtores.”

O evento contou ainda com palestra sobre tecnologia da informação e inovação agropecuária, ministrada pelo assessor Oséias Gomes de Oliveira, e sobre "TI na Emater, contruindo o futuro", pelo gerente da Getin, Emerson Ferreira do Nascimento.