Conheça um pouco do extensionista que tem mais de 30 anos de casa

 

Tendo em vista a importância das ações relacionadas à água e solo – base primordial das atividades agropecuárias – a nova gestão da empresa decidiu formalizar o Programa de Conservação de Águas e Solos. E para estar nessa frente de ação foi nomeado o extensionista rural e engenheiro agrônomo Sumar Magalhães Ganem.

Integrante de família de origem libanesa, Sumar é na verdade mineiro de Teófilo Otoni e está na Emater há 31 anos. Na gestão anterior, o extensionista integrava a assessoria técnica da direção e desenvolvia ações de gestão ambiental. A ênfase na conservação de água e solo é exatamente a área do colega, que possui especialização e mestrado em manejo integrado de bacias hidrográficas.

Sumar esclarece que as ações do novo programa vão incluir o plano de enfrentamento à crise hídrica, o programa produtor de águas e a implantação do plano de manejo de água e solo do Distrito Federal. “A atuação será em todo o DF, mas o foco inicial será nas bacias do Descoberto, São Bartolomeu e Rio Preto”, explica o novo coordenador.