O celular já faz parte do dia a dia do brasileiro. Inclusive das famílias do campo: segundo pesquisa do Sebrae, 97% dos produtores rurais do Distrito Federal usam o aparelho — desses, 91% aplicam o equipamento no seu negócio. Pensando nisso, a Emater-DF está preparando mais uma oferta para o seu público beneficiário: o Portal Rural, um aplicativo para smartphones que deverá trazer alguns dos principais serviços da empresa. Uma oficina de apresentação e desenvolvimento do projeto foi realizada na quinta-feira (28), no Centro de Capacitação e Comercialização (CCC), com a presença de 20 extensionistas.

 

Segundo o estatístico Alberto Gerardi, que assumiu, como assessor da direção, a coordenação do trabalho, o objetivo é identificar cinco serviços prioritários para incluir no aplicativo. “A ideia é avaliar o que é mais demandado pelo público da empresa e elencar, a princípio, os cinco mais importantes, que serão anexados ao equipamento. Em seguida, vamos incluindo outros”, explica. De acordo com o planejamento, uma versão piloto deve ser lançada durante a 12ª edição da AgroBrasília, em maio. “No início de dezembro, queremos fazer o lançamento oficial do Portal Rural”, vislumbra Alberto.

Para o diretor executivo Antônio Dantas, a Emater-DF dá um passo importante para se consolidar como uma empresa de inovação tecnológica. “Precisamos acompanhar nosso público, oferecendo serviços de forma prática, ágil e com menos burocracia”, observa.

Quando entrar em atividade, o Portal Rural deverá unir os cadastros de produtores rurais da Secretaria de Agricultura, Emater-DF e Ceasa-DF. “Com os dados reunidos de forma unificada, poderemos atuar mais organizadamente”, pontua Alberto Gerardi. O analista de Tecnologia da Informação Fernando Frazão, que estava cedido ao DFTrans, está de volta à empresa para auxiliar no desenvolvimento do portal.